Aproveitamento de Cuca é pior que outros técnicos no ano; São Paulo encara Avaí neste sábado

Aproveitamento de Cuca é pior que outros técnicos no ano; São Paulo encara Avaí neste sábado

junho 8, 2019 0 Por Bruno Canuto

O São Paulo tem mais dois jogos no Campeonato Brasileiro até a pausa das competições para a disputa da Copa América. Ambos serão fora de casa, a começar pelo duelo diante do Avaí, neste sábado, às 21h (de Brasília). O outro é frente ao Atlético-MG, no Independência.

O técnico Cuca determinou metas de pontos até a parada. Ele quer que o Tricolor chegue a 18 pontos, sendo que atualmente a equipe te 12 na tabela de classificação. Ou seja, duas vitórias como visitante.

CUCA TEM RENDIMENTO INFERIOR AOS OUTROS DOIS TÉCNICOS

Desde que chegou ao São Paulo para a sua segunda passagem, Cuca tem 12 jogos no total, com três vitórias, cinco empates e quatro derrotas. Um aproveitamento de 38,8%. Seus números são inferiores aos outros dois técnicos que dirigiram o Tricolor em 2019. André Jardine, o primeiro deles, obteve 41,6% de aproveitamento – três vitórias, um empate e quatro derrota. Já Vagner Mancini teve 48,1%, vindos de três triunfos, quatro igualdades e dois reveses.

Portanto, para alcançar o objetivo traçado, Cuca terá que melhorar seus números.

ALENTO FORA DE CASA

O aproveitamento do São Paulo neste Campeonato Brasileiro fora de casa pode servir de combustível para a meta ser alcançada. A equipe somou seis pontos de nove disputados: venceu Goiás (2×1) e Fortaleza (1×0) e perdeu para o Corinthians (1×0).

JOGO CONTRA O AVAÍ

Novamente o técnico Cuca não vai conseguir repetir a escalação do São Paulo de um jogo para o outro. Desta vez, os desfalques ficam por conta do lateral-direito Igor Vinícius (suspenso), o zagueiro Arboleda (Copa América com Equador), o meia Hernanes (não viajou com a delegação, pois estava resolvendo problemas pessoais) e Antony (seleção olímpica). Com isso, o volante Hudson deve atuar mais uma vez pelo lado direto do setor defensivo, Anderson Martins segue mantido ao lado de Bruno Alves na zaga, Igor Gomes deve ser o substituto do Profeta e Vitor Bueno e Everton brigam por uma vaga no ataque Tricolor.

Provável São Paulo: Tiago Volpi; Hudson, Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Luan, Tchê Tchê e Igor Gomes; Toró, Vitor Bueno (Everton) e Alexandre Pato.

SECA DE VITÓRIAS

O São Paulo tenta acabar com o jejum de vitórias na temporada. No momento são cinco jogos sem vencer, sendo o último triunfo no dia 12 de maio, 1 a 0 no Fortaleza. Depois, empates contra Bahia (0x0) e Cruzeiro (1×1) e derrotas para Bahia (duas por 1×0) e Corithians (1×0).