Cuca assume momento difícil, mas faz ressalva

Cuca assume momento difícil, mas faz ressalva

maio 31, 2019 0 Por Bruno Canuto

Após mais uma eliminação na última década – o São Paulo é o líder no quesito -, o técnico Cuca, em entrevista coletiva, declarou ser a favor das manifestações da torcida tricolor. Entretanto, deixou claro que mesmo em dívida vai levar o clube a dar a volta por cima.

– É um conjunto. Se você está em dia, é campeão da Libertadores, vai ter uma gordura para queimar. Hoje não tem esse entendimento porque não tem tido conquistas, e o torcedor tem toda a razão. Estamos em dívida com eles, eu estou e vou pagar.

O treinador deixou claro que o elenco tem condições de brigar pelo título do Campeonato Brasileiro, único que restou ao São Paulo na atual temporada. Entretanto, é preciso ter calma.

– Ser campeão aqui é o que mais quero, mas temos que ter calma. Deixar as coisas fluírem naturalmente. É um time jovem e novo. Foram peças trazidas recentemente, requer um tempo para essa engrenagem funcionar.

Por falar em tempo, o São Paulo tem mais três jogos até a parada para a Copa América: Cruzeiro (casa), Avaí (fora) e Atlético-MG (fora). Depois, o time terá um mês para melhorar a performance em campo e oferecer aquilo que a torcida espera. Cuca deixou uma mensagem para o torcedor.

– Eu quero passar uma mensagem para o torcedor, eles têm todo o direito, porém não estamos de braços cruzados. Nós vamos trabalhar. Não percam a confiança. O resultado vai vir. É normal, em um campeonato, um time passar um tempo instável. O que ganha é o que passa por um menor tempo essa instabilidade. Graças a Deus temos uma oportunidade no domingo de cortar essa mal momento que a gente vive. Nós ficamos mais fracos sem o torcedor. Que venha, proteste. Sou sempre favorável ao diálogo. Mas domingo não pode protestar. Tem que apoiar para termos uma chance maior de vencer.

O São Paulo recebe o Cruzeiro neste domingo, às 16h (de Brasília), no estádio do Pacaembu. A equipe é a quarta colocada no Campeonato Brasileiro com 11 pontos – atrás de Palmeiras (13), Atlético-MG (12) e Corinthians (11).