Cuca deseja reforçar duas posições no São Paulo

Cuca deseja reforçar duas posições no São Paulo

maio 23, 2019 0 Por Bruno Canuto

Para a temporada 2019, o São Paulo contratou 11 jogadores, sendo o último deles o atacante Marquinhos Calazans, vindo do Fluminense, que assinou até 2022 com o time do Morumbi. Mesmo assim, o técnico Cuca ainda vê carências no elenco e solicita a diretoria mais duas contratações pontuais: um lateral-direito e um centroavante.

ATACANTE ARGENTINO

O nome do momento no São Paulo para reforçar o ataque é o do atacante Juan Dinneno, que na atual temporada marcou 15 vezes em 25 partidas. Atualmente ele, que tem 24 anos, defende o Deportivo Cali, da Colômbia, mas tem seus direitos pertencentes ao Racing. O time colombiano, entretanto, deve ativar a opção de compra do jogador – 650 mil dólares (R$ 2,6 milhões) por 50% dos direitos econômicos. Ainda sim, o Tricolor pode adquirir o centroavante, já que o próprio Deportivo Cali admitiu tal possibilidade mesmo exercendo a aquisição.

Após a derrota por 1 a 0 para o Bahia na última quarta-feira em duelo válido pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil, o técnico Cuca deixou claro a falta de um atacante de referência para a equipe.

– Trabalhamos muito a bola. Faz falta uma referência, um pivô, para que você possa ter essa bola tabelada rápida. O São Paulo não fez uma má partida. Fez uma boa partida até o terço final, pecamos no famoso último passe e na finalização.

Foto: divulgação

LATERAL-DIREITO

O São Paulo tem boas opções para o setor: o jovem Igor Vinícius, lateral de ofício, e Hudson, volante que quando atua na posição vai bem. Mesmo assim, o técnico Cuca quer mais um atleta e de preferência que atue nas duas laterais. Vale lembrar que no elenco, o time ainda conta com Bruno Peres, que está sem espaço e não terá seu vínculo de empréstimo – até o final do ano – junto à Roma renovado.