Veja como foi a coletiva do técnico Cuca após empate com o Cruzeiro

Veja como foi a coletiva do técnico Cuca após empate com o Cruzeiro

junho 2, 2019 0 Por Bruno Canuto

Em entrevista coletiva após o empate do São Paulo diante do Cruzeiro por 1 a 1 – gols de Alexandre Pato e Thiago Neves -, no Pacaembu, em duelo válido pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Cuca definiu como justo o empate na tarde deste domingo. E também comentou sobre as vaias da torcida que, segundo ele, influencia no desempenho dos mais jovens.

– Não queremos colocar a culpa em ninguém, mas é tudo novidade (para os garotos do time). Não quero culpar ninguém, muito menos o torcedor que vem e apoia. A grande maioria fez isso, mas tinha uma parte cobrando. É natural que o jogador sinta o jogo com isso. Era um jogo dos mais perigosos, porque há um descontentamento muito grande pela eliminação. Torcedores vêm para cobrar. Quero até agradecer os que entenderam a fase ruim e incentivaram. A outra parte cobra e o pessoal sente. É um sentimento natural, sempre fica uma sequela por uma queda – comentou o treinador.

Agora, o São Paulo soma cinco partidas seguidas sem vencer na temporada – Bahia (0x0), Bahia (1×0), Corinthians (1×0), Bahia (1×0) e Cruzeiro (1×1). O time tem mais duas partidas até a paralisação do Campeonato Brasileiro, diante de Avaí e Atlético-MG, ambos como visitante.

– A pausa vai ajudar bastante para nivelarmos geral em todos os sentidos. Não podemos colocar a culpa em desequilíbrio físico. Houve queda técnica, também. Colocamos dois jovens de força e melhorou. Tivemos profundidade maior, mas faltou criar chances. Chance mais clara foi em contra-ataque puxado e erramos no último passe. Se a gente acerta, ali daria para vencer.

Com a má fase do time, o comandante comentou sobre o respaldo da diretoria do clube, que na última semana garantiu continuação a ele. Mesmo assim, Cuca faz ressalvas.

– Bom, nós vivemos sempre em uma insegurança geral no país, no futebol. No nosso ramo. O que mantém técnico é desempenho e resultado. Alguns mais o resultado do que o desempenho. Temos visto treinador sair com 70% de aproveitamento. Mas não vejo risco de demissão. Mas temos de reagir. Se vier a parada com mais dois resultados ruins, já serão sete. O que mantém técnico é o resultado e temos que buscá-lo. Sou vacinado.